Dando continuidade às 5 Etapas do Planejamento Financeiro, neste artigo você irá aprender sobre a Etapa 3 , que é a Definição de Objetivos.

Imagine-se em uma estrada no meio da floresta. Você está sozinho, caminhando entre as árvores. Você não conhece direito essa floresta. De repente aparecem alguns barulhos estranhos, e você ouve algum animal correndo ali por perto. Está escuro e o chão é muito irregular. Você tropeça e cai. O seu rosto está sujo de lama, folhas e seja lá mais o que for que estava naquele chão. E aí começa a chover.

Agora você está ensopado, sujo, com terra na boca e tem algum animal assustador ali por perto.

Você se pergunta: o que estou fazendo aqui??? Porque eu entrei nesse lugar?

 

sad-alone-cute-boy-forest-598x250
O quê estou fazendo aqui?

A busca pelo equilíbrio financeiro é uma verdadeira jornada. Você encontrará diversos caminhos, florestas fechadas, chuva forte, animais carnívoros,  e muitos precipícios. E você estará lá, caminhando, em direção a….

Espera, para onde eu estou indo mesmo?

A falta de objetivo é um veneno para sua vida financeira. Se você não sabe para onde quer ir, não irá tomar as ações corretas e não resistirá ás tentações e irá se desviar do seu caminho.

alice

Ao buscar a educação financeira, a maioria das pessoas já tenta logo de cara pegar o mapa da estrada. Elas tentam aprender as dicas para guardar dinheiro, estratégias infalíveis para gastar menos, as melhores planilhas de controle financeiro… Na maioria das vezes elas aprendem muito bem como é o caminho.

Saber o caminho é importante e irá facilitar a sua caminhada. Mas todas essas ferramentas são apenas o mapa da estrada. E adianta você ter o mapa da estrada se você não sabe se aquela é a estrada certa?

A verdade é que você precisa mais de uma bússola do que de um mapa. Você pode não saber como será o caminho e como fazer para segui-lo, mas uma bússola interna sempre irá te mostrar a direção certa. E os seus objetivos são essa bússola.

Na sua jornada pelo equilíbrio financeiro, você precisará fazer muitos sacrifícios, e todo sacrifício resulta em uma dor. Se o seu objetivo não for forte o suficiente, a dor do sacrifício é maior do que a recompensa por ele. Você se sentirá frustrado e, com o tempo, completamente desmotivado até um ponto em que abandonará tudo aquilo que foi construído até então pois a sua missão estará sem propósito.

Muitas vezes este é um processo automático, e quando você menos perceber, já estará fora dos trilhos novamente e retornará aos velhos comportamentos.

É neste ponto que muita gente falha. Existe o senso comum de que é preciso guardar dinheiro, que dívidas são ruins e que devemos controlar o nosso consumo. Só que isso não é motivo suficiente para você conseguir superar todas as tentações que irão surgir. É necessário estabelecer um objetivo definido.

metas e objetivos
Meu objetivo é uma casa nova!

Este objetivo deve estar de acordo com seus valores. Se o seu valor principal é a família, é natural que seu objetivo seja dar segurança financeira para ela. Os objetivos não são necessariamente bens materiais, eles estão apoiados em seus valores morais e no que você prioriza em sua vida.

O que você quer para a sua vida?

Como você se imagina daqui a 5, 10, 20 anos?

Quais são seus sonhos?

Estabeleça objetivos de curto, médio e longo prazo. Saiba quanto custam esses sonhos e calcule quanto você deve poupar para atingi-los. Essas serão suas metas e o motivo pelo qual você irá lutar. Sabendo disso, seu padrão de vida deverá se adequar á sua renda já descontando o valor dos seus sonhos.

Pague a si mesmo primeiro!