Como Não Perder Dinheiro Investindo no Tesouro Direto

0
19

O Tesouro Direto atualmente é o investimento mais seguro do país, e também o mais indicado para iniciantes. Apesar do alto grau de segurança, boa rentabilidade e facilidade de investir, também é possível perder dinheiro com os títulos públicos se você não souber o que está fazendo.

Muitos leitores aqui do blog me procuram para tirar algumas dúvidas, e percebi que muitas delas se repetiam. Percebi também que as pessoas tomavam algumas decisões sem considerar fatores importantes sobre os investimentos.

É perfeitamente possível investir no Tesouro Direto com pouco dinheiro e quem está começando do zero pode investir com relativa tranquilidade, porém é preciso prestar atenção a alguns fatores importantes para não perder dinheiro.

A falta de organização, não prestar atenção aos custos envolvidos e investir sem ter um planejamento financeiro são as principais causas de fracasso não só no Tesouro Direto, mas também em todos os investimentos. Aprender como investir dinheiro muitas vezes é o menor dos problemas de quem está começando. O principal é ter consciência, objetivos claros e a mentalidade correta.

Neste artigo, você irá entender alguns dos principais fatores a serem analisados antes de investir no Tesouro Direto. O primeiro deles, e também o mais importante, é fazer um planejamento financeiro.

Se você tiver alguma dúvida sobre o Títulos Públicos  fique à vontade para perguntar nos comentários dos artigos. Mas, antes disso, leia o F.A.Q. presente no próprio site do Tesouro Direto neste link.

Então, vamos ao conteúdo!

Faça um Planejamento Financeiro

Quando estamos começando a investir, é realmente muito difícil escolher qual é o melhor investimento. Ficamos perdidos, sem saber por onde começar. Eu sei como é isso. O fato é que o primeiro passo dificilmente é descobrir o melhor investimento – porém é aqui que a maioria das pessoas começa. Será que você está cometendo este erro também?

planejamento financeiro investir

A verdade é que o primeiro passo para escolher a melhor aplicação para investir seu dinheiro é fazer um planejamento financeiro. Sim, estou batendo novamente nesta tecla! Mesmo nos títulos do Tesouro Nacional, que são extremamente seguros, é possível perder dinheiro se você não investir corretamente.

O principal erro para quem está começando a investir no Tesouro Direto é escolher um título baseado na rentabilidade, sem fazer um planejamento financeiro. Ou então simplesmente investir em algum título que outras pessoas recomendaram, sem analisar a fundo se ele realmente é adequado para você.

Fazer um planejamento financeiro é necessário para que você não perca dinheiro resgatando o título antes do prazo. Existe também o custo de oportunidade, que acontece quando você não utiliza o potencial máximo do investimento e acaba deixando de ganhar mais dinheiro.

No caso do Tesouro Direto, existem 3 problemas que podem ocorrer caso você não faça um planejamento antes de investir:

– Pagar IOF

Se você investir e precisar resgatar o dinheiro por um período inferior a 30 dias da data da compra, irá pagar alíquotas muito altas de IOF. Você irá perder toda a rentabilidade daquele mês. Não é uma perda tão drástica e preocupante, porém se considerarmos todo o trabalho que você teve para investir, e até possíveis gastos com DOC/TED do seu banco para a corretora, foi tempo jogado no lixo!

IOF Tesouro Direto
Tabela Regressiva de IOF no Tesouro Direto

– Resgatar o papel em prazos muito curtos

A alíquota de imposto de renda é maior para investimentos inferiores a 2 anos. Sendo assim, se você precisar resgatar o título público antes deste prazo, irá pagar mais imposto sobre os rendimentos.

Este imposto maior pode tirar algumas vantagens do Tesouro Direto, e no final das contas a rentabilidade poderá ser menor do que outros investimentos.

Por isso, é importante fazer um planejamento e no caso de investimentos para prazos menores de 2 anos, analisar muito bem se o Tesouro Direto é realmente uma boa opção para você. Normalmente, o Tesouro Selic é indicado para estes casos, mas é preciso avaliar também outras opções atrativas como CDBs e principalmente LCIs e LCAs.

– Precisar retirar o dinheiro investido no mesmo dia

Isso não representa necessariamente uma perda de dinheiro, e sim um atraso no recebimento, e é importante saber também.

As operações de venda dos títulos públicos são realizadas somente em dias úteis. Normalmente demora entre 1 a 2 dias úteis para a transação ser completada e o dinheiro depositado na conta da sua corretora. Você pode enviar a ordem de venda em qualquer horário, mas o sistema só irá processar a transação em dias úteis.

Depois, você precisará transferir o dinheiro da corretora para o seu banco, e isso também poderá demorar alguns dias úteis dependendo do tipo da transferência. Logo, em situações de emergência, o dinheiro não estará disponível imediatamente.

Portanto, se você está aplicando a sua reserva de emergência no Tesouro Direto, é recomendável não investir todo o dinheiro, e sim deixar uma parte na poupança. Caso ocorra alguma emergência e você precise do dinheiro no mesmo dia, poderá sacar a parte que está na poupança no seu próprio banco, enquanto aguarda o processo de venda dos títulos públicos.

Outro problema comum que ocorre com pessoas que não fazem um planejamento financeiro antes de investir é precisar do dinheiro antes do prazo de vencimento do investimento, que é o que irei explicar no próximo tópico.

 

Não Realize o Resgate Antecipado

Sem um planejamento financeiro, você corre o risco de investir em títulos de prazos muito longos e precisar do dinheiro antes deste tempo acabar. Esse é o pior cenário possível, e é quando as pessoas realmente perdem dinheiro. Este assunto é tão importante que resolvi separar um tópico somente para ele.

vale a pena investir no tesouro direto

Ao realizar um resgate antecipado no Tesouro Direto, você não irá receber a rentabilidade contratada quando comprou, e sim o valor de mercado do título na data da venda.

Isso significa que, caso o valor de venda esteja menor do que o valor do seu dinheiro investido acrescido dos juros até aquela data, você poderá perder dinheiro. Em prazos curtos o valor de venda poderá ser, inclusive, menor do que a quantia que você investiu.

Esta variação nos preços de compra e venda vem da mudança constante nas taxas de juros da economia, e o Tesouro Direto acompanha estas flutuações.

Portanto, ao comprar títulos prefixados e o Tesouro IPCA, é extremamente recomendável mantê-los até a data de vencimento. A única exceção é o Tesouro Selic, que possui rentabilidade pós-fixada e pode ser resgatado antes do prazo sem sofrer este tipo de penalidade.

Uma coisa importante que preciso destacar neste tópico é que, assim como é possível perder dinheiro resgatando o título antes do vencimento, também é possível ganhar com isso. O valor de venda pode ser maior do que a rentabilidade que você adquiriu, e vendendo antes do prazo você poderá ter lucros muito superiores, chegando aos patamares de 25% ao ano.

A boa notícia é que é possível prever com uma precisão razoável quando ocorrerá estas subidas e descidas dos preços.

Existem estratégias avançadas de investimento no Tesouro Direto que são puramente baseadas em comprar e vender os títulos antes do prazo para ganhar mais dinheiro. E a vantagem é que é uma operação extremamente segura, pois caso você cometa algum erro, basta carregar o título até o vencimento.

Esta é, inclusive, a estratégia que eu uso nos meus investimentos. Ela se baseia na avaliação de alguns indicadores econômicos que influenciam nas taxas do Tesouro Direto, e assim eu posso saber se o valor do título irá cair ou subir. Não é necessário ter grandes conhecimentos de economia e finanças, e você irá analisar estes indicadores apenas uma vez a cada três meses. Caso você tenha interesse nesta estratégia avançada, clique aqui e conheça o método.

 

Aprenda a Usar a Calculadora do Tesouro Direto

Outro erro comum dos investidores é utilizar incorretamente a calculadora do Tesouro Direto, principalmente ao comparar títulos Prefixados com o Tesouro IPCA. Não se preocupe se você já cometeu este erro, é comum. Ao realizar simulações na calculadora, muitas vezes o resultado são diferenças na rentabilidade líquida dos dois títulos.

Na verdade, esta diferença pode existir, porém você precisa analisar se fez o cálculo correto. O fato de uma parte da rentabilidade do Tesouro IPCA corresponder ao valor da inflação pode induzir as pessoas ao erro.

tesouro ipca inflacao

Para poder comparar um Tesouro Prefixado e um Tesouro IPCA, é necessário descontar a inflação do Tesouro Prefixado também. Só assim você conseguirá comparar as duas taxas. E isso também vale para a calculadora do Tesouro Direto. Dependendo do valor que você escolher para a inflação, a rentabilidade líquida do Tesouro IPCA será diferente.

O Tesouro Prefixado tem a característica de ter uma rentabilidade bruta constante, válida até a data de vencimento. Se a inflação estiver alta, a rentabilidade líquida será menor. Logo, o valor que seu dinheiro irá render acima da inflação (que na prática é o que realmente importa), irá variar com o tempo.

Já no Tesouro IPCA a inflação está contida no título, então a rentabilidade líquida é constante. Seu dinheiro sempre irá render aquela mesma porcentagem contratada acima da inflação.

Neste caso, é preciso avaliar os seus objetivos financeiros e a situação econômica do Brasil, e não puramente as rentabilidades. O pagamento dos juros é diferente para os títulos, então não é uma boa ideia realizar esta comparação sem considerar outros fatores.

Em geral, para investimentos de prazos longos, é interessante proteger o dinheiro da inflação. Entretanto, em épocas de inflação baixa, o Tesouro Prefixado pode ser uma excelente opção. Na realidade, para escolher o título que irá resultar na melhor rentabilidade para você, será necessário analisar muitos fatores. Tomar uma decisão somente com base em uma simulação numérica não é a melhor opção. É preciso primeiro estudar sobre os títulos e avaliar a sua situação atual.

 

Verifique as Taxas Bancárias

Muitas pessoas procuram o Tesouro Direto como um meio de investir mensalmente, para substituir a poupança. Especialmente para quem tem pouco dinheiro, investir quantias baixas mensalmente é uma excelente estratégia para garantir grandes ganhos no futuro. Porém, se isso não for feito com planejamento, existe uma possibilidade muito grande de perder dinheiro.

Quem deseja investir mensalmente no Tesouro Direto, ou quer investir com pouco dinheiro, é preciso analisar cuidadosamente as taxas bancárias envolvidas.

tesouro direto taxas

Ao escolher uma corretora para investir em títulos públicos, sempre confira qual é o banco da conta depósito da corretora. Existe uma cobrança padrão de R$ 10,00 a R$15,00 para transferências TED/DOC, então dependendo da quantia que você irá transferir, este poderá ser um custo muito alto.

Por exemplo, você pode investir R$30,00 por mês, mas irá pagar R$ 10,00 somente para poder transferir o dinheiro. Evitar este custo é muito importante!

Para evitar este custo, basta escolher uma corretora cuja conta depósito seja no mesmo banco que o seu, assim você será isento desta taxa. Esta informação pode ser encontrada no site da corretora, e você também pode entrar em contato via e-mail ou telefone e perguntar. Outra opção é abrir uma conta digital, que também não cobra taxas de transferência entre bancos. Por fim, verifique se sua conta possui alguma cortesia na quantidade de TED/DOC gratuitos.

 

 

Conclusão

Investir no Tesouro Direto é excelente no momento econômico atual, para proteger seu dinheiro da inflação e ganhar com a alta dos juros. Porém não é possível investir sem estudar e aprender como as regras funcionam e sem ter um planejamento financeiro adequado.

Outro fator importante que você entendeu neste artigo são os custos envolvidos. Muitas vezes o investimento é bom, com rentabilidade interessante, porém existem algumas taxas que os investidores esquecem de considerar, por não estarem diretamente ligadas ao investimento em si. O maior exemplo são as taxas bancárias e da corretora, que precisam ser analisadas cuidadosamente para que você possa escolher a melhor estratégia.

Espero que este artigo tenha aberto a sua mente para os fatores de análise dos investimentos, mesmo no caso de títulos simples como o Tesouro Direto. As questões analisadas aqui são válidas também para outros tipos de investimentos.

Se você deseja ser um investidor de sucesso, sempre deverá pensar fora da caixa e analisar cuidadosamente suas opções. Porém esta análise não deve ser encarada como um obstáculo. Lembre-se: você estará perdendo mais dinheiro se não investir!

Para aprender sobre os outros investimentos, leia os artigos que já escrevi sobre Bolsa de Valores, CDB, LCI/LCA e também o artigo geral, em que ensino como investir dinheiro.

Se você deseja aprender de maneira mais rápida, com um passo-a-passo detalhado, confira o Curso Aprenda a Investir.

Espero que tenha gostado do artigo! Não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar o conteúdo com seus amigos.